El Niño marca o início do inverno

O inverno começou às 13h38min deste domingo. A diferença é que desta vez tem grande influência do El Niño, que não aparecia desde o ciclo 2009/2010 no Estado. Esse fenômeno fará com que a estação seja marcada por chuva excessiva e há riscos de enchentes no Rio Grande do Sul, segundo a MetSul Meteorologia.

Essa característica deverá se potencializar entre agosto e setembro. Todas as regiões deverão ter chuva acima da média, principalmente as Metades Oeste e Norte. Os volumes podem ser superior a 300 e 400 milímetros em um único mês.

Os efeitos do El Niño começaram a ser sentidos nas últimas semanas no RS. Segundo a meteorologista da MetSul Estael Sias, este domingo marca somente o começo astronômico do inverno, mas climatologicamente a estação já teve início no fim de maio. Desde então foram registrados vários dias com os termômetros negativos.

O El Niño tende a vir acompanhado de temperaturas acima da média para esta época do ano. Mas isso não significa ausência de frio. “Mesmo sob El Niño ocorrem episódios de frio intenso a extremo no Estado com muita geada e neve”, alerta Estael. Lembra que em julho de 2009 houve uma das mais potentes ondas de frio dos últimos 30 anos no Estado.

Deverá ocorrer alternância de períodos amenos ou quentes com outros de frio intenso. Não está descartada a possibilidade de neve e de temporais com vento forte e granizo. Em 2009, houve temporais de grande intensidade, como o tornado arrasador no Oeste de Santa Catarina.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]