Deputado Marcon critica baixo preço do leite no RS

O deputado federal Marcon (PT-RS), em discurso no plenário da Câmara dos Deputados criticou o baixo preço do leite pago aos agricultores e exigiu que o presidente Michel Temer tome medidas urgentes para amenizar a crise.

Segundo Marcon, Temer precisa retomar as compras públicas por meio do Programa de Aquisição de Alimentos, criado no governo Lula para adquirir produto direto dos agricultores. “Em 2012, Dilma investiu 70 milhões de reais na compra de leite dos agricultores familiares, já em 2017, Temer não comprou nenhum litro de leite,” afirmou Marcon.

Para o deputado Marcon, outra situação que agrava a crise é a importação de leite dos países do Mercosul. “Só no ano passado, entraram 129 mil toneladas de leite do Uruguai, pelo Rio Grande do Sul,” criticou Marcon.

Ainda de acordo com o deputado Marcon, no RS, o governador Sartori criou um decreto que baixava o ICMS de 18% para 12% sobre o leite importado, facilitando a entrada do produto, enquanto nossos agricultores estão recebendo em média 60 centavos por litro de leite. “Hoje (28), após muita pressão dos produtores e lideranças políticas, Sartori suspendeu esse decreto. É uma pequena vitória, mas temos que continuar pressionando o governo para que taxe o leite importado. O Rio Grande do Sul tem a segunda maior bacia leiteira do Brasil e quase toda a cadeia é composta por agricultores familiares que têm no leite sua única forma de sustento”, afirmou o deputado Marcon.

Assessoria Deputado Marcon

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]