Corsan diz que mantém controle rigoroso na qualidade da água

Em relação ao estudo publicado pela Secretaria Estadual de Saúde, onde foram detectados traços de agrotóxicos além do permitido pela legislação em cinco amostras de água de quatro municípios: Monte Belo do Sul, Venâncio Aires, Lagoa Vermelha e Frederico Westphalen, a reportagem da Rádio Comunitária solicitou o posicionamento da Corsan, que informou:

– A água fornecida pela Corsan à população é tratada e própria para consumo humano. De forma rigorosa e periódica, a Companhia analisa todos os parâmetros de potabilidade exigidos pela legislação (Portarias 2914/2011, do Ministério da Saúde, e 320/2014, da Secretaria Estadual da Saúde) por meio de laboratórios próprios e contratados acreditados junto ao Inmetro.

– A Corsan controla a qualidade da água bruta (água sem tratamento, captada no manancial) e da água tratada em todos os sistemas atendidos. Foi constatada a presença de herbicidas na água bruta em Frederico Westphalen. Sempre que detectado esse tipo de produto, a Companhia intensifica os processos de tratamento por meio de carvão ativado, que absorve essas substâncias – eliminando-as ou reduzindo-as a níveis muito abaixo do permitido pela legislação. Portanto, a incidência de herbicidas na água bruta não levou à presença desses produtos na água tratada em níveis sequer próximos dos valores máximos permitidos, devido ao controle e ao tratamento desenvolvidos pela Corsan.

– A Companhia reitera a qualidade e a confiabilidade da água disponibilizada para o abastecimento público”.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]