Consulta Popular acontece na próxima semana

Na próxima semana, entre os dias 26 e 28 de junho, acontece a votação da Consulta Popular 2018.  O período de votação foi adiantado devido às eleições em outubro. Para votar basta ter o título de eleitor em mãos e acessar o  endereço consultapopular.rs.gov.br.  O cidadão poderá votar somente uma vez, considerando todos os meios de votação, sob pena de incorrer em ilícito, sujeitando-se a sanções da lei. 

Por meio de votação, foi definido que as quatro demandas prioritárias para a Consulta Popular, neste ano será realizada entre os dias 26 a 28 de junho, serão: agricultura, turismo, saúde e segurança. No que se refere a quantia de recursos repassado para cada uma das áreas, dependerá da votação que cada uma receber. Ou seja, a demanda mais votada receberá 40% do valor total do orçamento, enquanto a segunda mais votada terá 30% do valor, a terceira com 20% e a última com 10%.

Dentro de cada prioridade, haverá projetos para qual serão destinados os valores. Na saúde, as entidades irão focar em estruturar as casas hospitalares de Frederico Westphalen, Nonoai, Seberi, Rodeio Bonito, Ametista do Sul, Iraí, Palmitinho, Planalto e Caiçara. Na demanda da segurança, os valores conquistados serão divididos entre a Brigada Militar (50%), Polícia Civil (25%), Bombeiros (20%) e Instituto-Geral de Perícias (5%), sendo que o foco será a compra de equipamentos necessários para o trabalho dos órgãos.

O setor do turismo terá como proposta a regionalização, aplicando o recurso obtido em ações coletivas de divulgação e marketing das potencialidades turísticas. Já a demanda da agricultura, vem com a proposta de fomentar a bacia leiteira, mediante a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

Os municípios que obtiverem maior número de votos receberão uma parcela maior dos recursos, por isso é importante a participação popular. Além disso, apenas estarão aptos a receber os recursos referentes aos projetos eleitos os municípios que atingirem os percentuais de votação. Frederico Westphalen deve contar, com no mínimo, 5% da população votante. 

Na manhã desta quarta-feira, 20, o Secretário de Indústria e Comércio do Município, Paulo Lima, falou sobre as demandas e os passos da Consulta Popular, confira na íntegra:  

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]