Comunidade indígena continua mobilizada em Vicente Dutra

Depois do protesto que bloqueou ontem, 26, a RS-150 em Vicente Dutra, os índios voltaram a manifestar nesta quarta-feira, 27, no município. Desta vez, os Kaingangs ocuparam uma área localizada entre a Brigada Militar e o local onde o grupo vive.

Segundo o cacique Luis Salvador, não trata-se de invasão. “Estamos ocupando um território já demarcado como Terra Indígena de Vicente Dutra, não estamos invadindo nada”, destacou Salvador. Os indígenas pedem agilidade nas indenizações dos mais de 70 pequenos agricultores que vivem nos 715 hectares, declarada pela Funai em 2004, como área indígena.

Conforme o Major da Brigada Militar Alexandre Moreira Pereira, a área ocupada esta manhã pertence a um morador de Palmitos-SC. O proprietário já foi comunicado da ocupação. Ele deve registrar o caso na Delegacia da Polícia Civil e ingressar na Justiça com pedido de reintegração de posse.

“A partir daí vamos definir alguma ação, dependendo do que for estabelecido pela Justiça”, esclareceu Moreira.

STR emite comunicado

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Vicente Dutra emitiu nota sobre a manisfestação dos índios ocorrida ontem, 26, que bloqueou a RS-150 em Vicente Dutra.

“O STR vem através de sua presidente Terezinha Stefanello, salientar que não fomos comunicados tão pouco convidados para manifestação alguma, e que a mesma ocorre somente por parte dos indígenas, não havendo parceria com agricultores.

“Não queremos perder nossas terras, não queremos sair do que conquistamos com o nosso suor. Nós pagamos por cada hectare de terra, não ganhamos nada de ninguém”, diz o texto.

Folha do Noroeste

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]