Comissão busca reduzir valor da tarifa de pedágio no RS

Na quinta-feira (05) em reunião com o chefe da Casa Civil e secretários de Estado, organizada pela Comissão de Segurança e Serviços Públicos, presidida pelo deputado Edegar Pretto (PT), e pela Procuradoria de Justiça do Ministério Público, representada pelo procurador Marcelo Dornelles, foi apresentado ao governo gaúcho uma série de reivindicações dos municípios impactados pelo programa de concessão de rodovias, que prevê ao todo 22 praças de pedágio no estado.

O principal pedido foi mais tempo para discutir o programa de concessão, pois uma das principais preocupações é o alto preço das tarifas. O projeto impõe um limitador, ou seja, a empresa que vencer a licitação não pode conceder um desconto maior que 25% para os usuários das rodovias, o que impede a população de ter uma tarifa mais baixa.

Em acordo com o chefe da Casa Civil, Artur Lemos, serão realizadas três audiências públicas virtuais da Assembleia, com a participação do governo para ouvir a população. As audiências propostas pelas Comissões de Segurança e Serviços Públicos e Assuntos Municipais para debater os blocos 1, 2 e 3 do programa de concessão serão realizadas nos dias 16, 18 e 19 de agosto, às 18h30min, com transmissão da TV Assembleia e youtube.com/tvalrs.

Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]