Caso Bernardo: Edelvânia é dispensada de comparecer a audiências

O juiz de Três Passos Marcos Luís Agostini dispensou uma das acusadas de participar da morte do menino Bernardo de estar presente nas audiências marcadas para os dias 26 e 27 de novembro, no Foro da cidade. Edelvânia Wirganovicz não precisará acompanhar os primeiros depoimentos de testemunhas de defesa. No entanto, a ré terá de ser conduzida às audiências que ocorrerão nas comarcas de Rodeio Bonito e Frederico Westphalen.

Edelvânia e Graciele Ugulini, madrasta de Bernardo, estão presas na Penitenciária Feminina de Guaíba. Também estão presos acusados de participação no crime o irmão de Edelvânia, Evandro Wirganovicz, e o pai de Bernardo, Leandro Boldrini. O assassinato ocorreu em abril.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]