Carta aberta aos torcedores frederiquenses

Caro torcedor,

Hoje o meu papo é com você. Meu amigo, minha amiga, que tanto marcou presença em quase 10 anos de Divisão de Acesso.

Durante esse tempo muita coisa aconteceu, eu sei.

Primeira Divisão, jogos duríssimos, clássicos regionais, muito sofrimento, inúmeras partidas contra o Caixas, título, e em todos esses momentos que mencionei você esteve lá. Gritando, se esgoelando, cobrando e com razão.

Você torcedor, tem razão.

A cobrança está intrínseca ao torcedor e, de novo, com razão. Porque você quer o melhor do time, goleadas, títulos, garantir a artilharia da competição, e ter o time sempre na ponta da máxima na tabela de classificação.

Mas você também tem um papel fundamental com o nosso adversário, sabia? A cobrança também tem que assustar o adversário.

O palco que você estiver assistindo ao jogo não tem que ser um caldeirão, não. Aliás, escolha o termo que você quiser, desde que o adversário venha ao estádio e se sinta, pelo menos, incomodado.

O torcedor tem que ser encardido.

Encha o saco. Incomode. Grite. Faça com que eles prestem a atenção em vocês enquanto a bola ainda está rolando.

Você sabe que os campeonatos do interior não tem o mesmo estilo das competições que passam em canais de TV por assinatura, né?

Você não está em uma ópera. Use e abuse do barulho, infernize até o limite.

Meu caro amigo torcedor, você é muito importante e tenho a certeza que, nesta fase, o clube conta ainda mais contigo. E detalhe: dessa vez, você está mais perto ainda do campo! Aproveite a chance, cara!

Te vejo na próxima rodada.

Atenciosamente com atenção.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]