Campanha “Seja um doador campeão!” incentiva doação de sangue

Iniciativa busca cadastrar doadores de sangue para garantir estoque do Hemocentro de Passo Fundo

A campanha municipal “Seja um doador campeão” é uma iniciativa da Administração Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, para incentivar a comunidade a doar sangue. Para isso, as pessoas que se cadastrarem para doar sangue estarão concorrendo a camisas autografadas do Grêmio, Internacional, União Frederiquense e Guarani.

Para o responsável técnico pelo setor de banco de sangue do Hospital Divina Providência (HDP) de Frederico Westphalen, Dr. Jorge Alan Souza, doar sangue, além de um ato de solidariedade, é imprescindível para a manutenção da vida, por isso, deve ser um ato rotineiro. “A doação de sangue é, acima de tudo, um ato extremamente importante para a manutenção da vida humana. Por isso, doar deve ser um ato rotineiro, pois em muitos casos, apenas o sangue é capaz de salvar alguém”, frisou Jorge Alan.

O sorteio será realizado no dia 21 de fevereiro. Para concorrer às camisas, é necessário apenas se cadastrar na Secretaria Municipal da Saúde para doar sangue no Hemocentro Regional de Passo Fundo (Hemopasso). Os doadores cadastrados desde o início do ano já estão concorrendo aos prêmios.

As camisas foram doados pelos clubes que as entregaram à Secretaria da Saúde já autografadas.

 

Requisitos para doar

– Estar se sentindo saudável

– Ter entre 18 e 69 anos (jovens a partir dos 16 anos já podem doar com autorização do responsável)

– Não estar em jejum

– Pesar mais de 50kg

– Não ter feito cirurgia de grande porte a menos de seis meses e de pequeno porte a menos de três meses

– Não ter feito endoscopia ou colonoscopia nos últimos seis meses

– Não ter feito tratamento dentário a menos de 7 dias

– Não estar grávida ou amamentando (mães que amamentam devem aguardar a criança completar 12 meses de vida)

– Em caso de parto normal, aguardar 3 meses; se cesariana, aguardar 6 meses

– Não estar gripado ou ter tido febre nos últimos 7 dias

– Não ter diabetes, cardiopatia e nem ter contraído hepatite após os 11 anos de idade

– Não ter doado sangue a menos de 60 dias (homens) e 90 dias (mulheres)

– Não ter tido comportamento de risco para contaminação pelo HIV

– Ter dormido pelo menos seis horas nas últimas 24 horas

– Não ter ingerido álcool nas 12 horas antes da doação

– Não ter feito uso de drogas injetáveis ilícitas

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]