Banco do Brasil de Frederico Westphalen adere a greve nacional

Na manhã desta quarta-feira, 21, a agência do Banco do Brasil de Frederico Westphalen aderiu a  greve dos bancários que se estende desde o dia 13 de outubro.  Além do Banco do Brasil de Frederico, o Banrisul de Alpestre também aderiu à paralisação nesta manhã.

As negociações sobre a proposta de reajuste que passou de 5,5% para 7,5% foi rejeitada pelo comando grevista e as negociações devem prosseguir ainda na tarde desta quarta-feira.

Na região, os postos avançados do Banrisul, de Vista Alegre, Taquaruçu do Sul, Redentora, Palmitinho, Vicente Dutra e Planalto estão com as portas fechadas – a Caixa Econômica Federal e o Banrisul de FW estão em greve total desde o dia 13. Já as agências do Banco do Brasil de Planalto e Palmitinho estão parcialmente paralisadas. 

Além disso, pelo menos oito municípios estão com as agências do Banrisul paralisadas total ou parcialmente. Ainda, o Banco do Brasil de Palmitinho está parcialmente em greve. Já o Banco do Brasil de Palmeira das Missões aderiu totalmente ao movimento. Porém, as agências do Bradesco e as unidades das cooperativas de crédito estão atendendo normalmente na região.

Os únicos serviços que serão mantidos pelos bancos em greve serão os autoatendimentos (caixas eletrônicos) e urgências.

O que os bancários reivindicam?

Dentre as pautas de demandas dos funcionários de instituições bancárias estão reajuste salarial de 16%, maior segurança nas agências, contratações para o setor e redução de metas, consideradas abusivas pelos grevistas.

2

Com informações: O Alto Uruguai

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]