Artista frederiquense é destaque internacional

A artista frederiquense Valéria Pinheiro é conhecida na região pelo trabalho que desenvolve em seu estúdio de tatuagens, porém poucas pessoas sabem que ela é uma pintora com destaque internacional. Dentre mais de cem obras, uma de suas telas foi escolhida para participar da exposição em comemoração ao Jubileu do Papa, em Roma, festividade que acontece de 25 em 25 anos.

Vida e Obra

Valéria conta que começou a pintar seus primeiros trabalhos com 13 anos de idade como autodidata, com pouca informação e técnica, guiada apenas pela inspiração e pelo gosto pelo desenho. A então menina ficava feliz com as pequenas encomendas de quadros que recebia, porém logo percebeu que não poderia viver apenas de suas pinturas e foi então que rumou para a área da publicidade.

No ano de 2005, Valéria resolveu intensificar seus estudos e ingressou no curso de Artes Visuais na Unijuí. Aliando a facilidade que tinha ao desenhar com as técnicas adquiridas em sala de aula, Valéria teve seu primeiro insight: resolveu estudar tatuagem. Assim, em paralelo à graduação, dedicou-se em aprimorar seus traços, linhas e sombras e logo o que era pra ser hobby tornou-se profissão.

Logo depois de concluir o curso, foi para Milão. Passou uma temporada na Itália fazendo tatuagens e aperfeiçoando as técnicas com artistas locais. Trabalhou, aprimorou, retornou, e a vontade de voltar a pintar as telas sempre a acompanhou. As telas eram trabalhadas ainda, mas Valéria queria voltar de vez e isso aconteceu de fato.

Única representante brasileira

No início do ano, Valéria foi selecionada por críticos de arte para integrar a Ucai, a partir da obra “Plantação”. Esta organização proporciona o intercâmbio entre artistas brasileiros, italianos e portugueses e realiza várias exposições.

Em maio deste ano, Valéria expôs em Portugal e depois no território do Vaticano. Para sua surpresa, a obra que faz parte da série “Os trabalhadores” foi selecionada dentre mais de 100 obras para permanecer em Roma e participar da exposição comemorativa do 29° Jubileu da Igreja Católica, evento que acontece de 25 em 25 anos sob o comando do Papa. A exposição, que começou ontem, 17, e se estende até o último dia do ano, vai receber a visita solene do Papa Francisco.

Comprometimento com a cultura local

No mês passado, Valéria foi para Manaus para assumir uma cadeira na Associação Amazonense de Artes, Ciência e Letras. No juramento, ela se comprometeu em repassar conhecimentos de artes para a nossa região. “O artista é formado de vivências e experiências, devemos trocá-las”, disse Valéria Pinheiro.

Segundo Valéria, a arte não é tão valorizada na região norte do Estado porque a maioria das produções artísticas, não chegam até aqui. “Não tem como as pessoas gostarem daquilo que elas não conhecem”, ressalta.

A cultura é fundamental para humanizar as pessoas e é isso que a artista pretende para 2016. Além de levar artes para o Lar dos Idosos de Frederico, ela teve outro insight: reunir artistas para consolidar o movimento na região. A ideia é buscar a possibilidade, junto ao poder público, de um espaço para exposições e apresentações de dança, música, teatro, fotografia, pintura.

“Está na união dos artistas em propor este espaço que vai ajudar a transformar a realidade cultural da região e valorizar as produções locais”, finaliza ela, que terá uma de suas obras refletidas no olhar no Papa.

Rafael Franceschet/Folha do Noroeste

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]