Apenas bares da Rua do Comércio poderão utilizar vias públicas com mesas e cadeiras

Em reunião no final da tarde dessa quinta-feira, 13, o promotor de Justiça João Pedro Togni, o Secretário da Indústria e Comércio Paulo Donin e o Capitão da Brigada Militar Douglas Knorst, apresentaram as decisões tomadas sobre o uso de faixas de rolamento e estacionamentos como extensões de bares e restaurantes da cidade. Essas decisões foram encaminhadas após encontro com os comerciantes do município, realizada no último dia 7 de abril.

A partir desse diálogo com o comércio local, ficou estabelecido que as faixas de rolamento e estacionamentos não poderão ser ocupadas pelos estabelecimentos, porém, essa decisão não se aplicará aos bares e restaurantes localizados na Rua do Comércio, onde segundo as autoridades, a velocidade dos veículos é reduzida, o que permite a utilização. Mesmo assim, os quatro estabelecimentos que se encontram na rua do comércio poderão apenas utilizar parte da pista, obedecendo o limite da sinalização do estacionamento oblíquo. As calçadas poderão ser utilizadas, desde que seja respeitado o espaço de 1,5 metros livres para a circulação de pedestres.

Quem descumprir as determinações responderá por crime de desobediência. A fiscalização ficará a cargo da prefeitura e da Brigada Militar.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]