Ágata 11 inicia operações na região

O 27º Grupo de Artilharia de Campanha “Grupo Monte Caseros” quartel sediado em Ijuí, está participando da Operação Ágata 11, atividade na qual as Forças Armadas operam em conjunto com órgãos de segurança pública federais, estaduais e municipais, na faixa de fronteira entre Brasil e outros dez países sul americanos. A operação tem o objetivo de combater delitos transfronteiriços e ambientais, bem como intensificar a presença do Estado Brasileiro nestas áreas. Os Militares chegaram no final de semana a região e estão acampados no Parque de Exposições de FW. Nesta segunda-feira já iniciaram os trabalhos sem data determinada para encerramento.

Várias forças de trabalho já estão atuando hoje na região. Nesta operação, o Ministério da Defesa emprega inúmeras viaturas, embarcações, helicópteros e aviões para realizar patrulhamento e inspeção naval na calha dos rios; bloqueio e controle de estradas e vias urbanas; patrulhamento terrestre ostensivo juntamente com órgãos de segurança pública; reconhecimento especializado de fronteira; revista de pessoas, embarcações, aeronaves e instalações; fiscalização de produtos controlados; operação de busca e apreensão; reconhecimento e transporte aéreo, bem como interceptação de aeronaves suspeitas.

Além do combate aos ilícitos, a operação contempla também Ações Cívico-Sociais (Acisos), que acontecera no dia 18 de junho de 2016 no qual consiste em atividades como atendimento médico, odontológico, hospitalar e exposição de material. E em parceria com a secretaria municipal de educação, a equipe de saúde que acompanha o grupamento, estará realizando nos dias 15, 16 e 21 visitas as escolas para conscientizar as crianças e os jovens da importância do combate ao mosquito Aedes aegypti.

A atuação das Forças Armadas, por meio de ações preventivas e repressivas, no combate a delitos transfronteiriços e ambientais na faixa de fronteira, em situação de normalidade, está legalmente amparada no Art. 16-A da Lei Complementar nº 97, de 09 junho de 1999. Desta forma, o Ministério da Defesa, dentro da concepção do Plano Estratégico de Fronteiras, visa diminuir a criminalidade nestes locais, além de incrementar o apoio social à população.

Foto:Rádio Fortaleza FM

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]