Brasil de Farroupilha: Ressurgindo nas Castanheiras

O União Frederiquense já realizou dois amistosos fortes nesta pré-temporada diante do Internacional, de Santa Maria, e da Chapecoense, em que a equipe comandada por Júlio César Nunes, venceu pelo placar de 3 a 2, e empatou em 0 a 0, respectivamente. Neste mês, os adversários do Leão da Colina no grupo B da Divisão de Acesso também intensificaram seus trabalhos visando o início da competição.

Além do tricolor de Frederico Westphalen, o grupo B também é composto por Igrejinha, Brasil-Far, Esportivo, Tupi, Ypiranga, Glória e Passo Fundo. E o primeiro adversário do União Frederiquense na competição é o Brasil de Farroupilha, que teve um percalço significativo nesta pré-temporada.

Com a morte do, até então, treinador Irani Teixeira, a diretoria adiou um pouco o início dos trabalhos neste ano para a competição e anunciou o nome do auxiliar Fernando Agostini para comandar a equipe nesta temporada. No entanto, o que poucos sabem, é que, por pouco,  Agostini não assumiu em definitivo enquanto Irani Teixeira ainda estava vivo. Em conversa com a equipe da Rádio Comunitária, o treinador revelou como foi assumir o comando técnico do Brasil-Far após a fatalidade:

Até o momento, a retrospectiva do Brasil-Far é boa nesta pré-temporada, entretanto, o primeiro desafio com uma equipe profissional aconteceu nesta semana. Antes, o Dragão da Castanheiras havia enfrentado apenas equipes amadoras do município, mas já diante do Guarany, em Venâncio Aires, no sábado, 17, a equipe empatou em 0 a 0. Fernando Agostini explicou que o início tardio da preparação do clube foi devido a situação financeira do clube e como está sendo realizado o planejamento:

Com Juninho Botelho (ex-União Frederiquense) no elenco, ao todo 27 jogadores estão disponíveis para a comissão técnica, cuja média de idade está na casa dos 23 anos. Diante do Guarany, o Brasil-Far entrou em campo com a seguinte escalação: Jean, Jeferson, Benhur, Vinícius, Índio; Vanderson, Yago, Schumacher, Juninho Botelho, Gustavo Moura; Hamílton. Além destes 11 jogadores, a equipe das Castanheiras já possui um 12º jogador: Itamar. O atleta vem se destacando na pré-temporada ao anotar três gols, além de ter atuado na segunda etapa da partida contra o Guarany-VA. Porém, o treinador prega cautela quanto ao jovem jogador, já que esta será a primeira vez que Itamar irá disputar a Divisão de Acesso. Com esse jovem elenco, Fernando Agostini ressaltou que, até o momento, o principal destaque do Brasil-Far é o setor defensivo, que até o momento, não sofreu nenhum gol nesta pré-temporada.

O atual domador do Dragão das Castanheiras é franco ao dizer que a realidade do clube é a manutenção na Divisão de Acesso deste ano, no entanto, prega aos jogadores que acredite na classificação:

Já sobre o primeiro adversário do clube na Divisão de Acesso, o União Frederiquense, a comissão técnica enxerga que o Leão da Colina irá brigar pela classificação, principalmente devido a manutenção do trabalho com Júlio César Nunes, além de destacar a dificuldade do grupo nesta primeira fase:

O embate entre Leão e Dragão será em Farroupilha no dia 4 de março, a partir das 17 horas, no estádio das Castanheiras, com transmissão da Rádio Comunitária. 

Thiago Henrique

Foto/Crédito: Julhano STZ

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CAPTCHA Image[ Atualizar Imagem ]